Sobre

Sete dias em peregrinação, vivenciando a história, desenvolvendo sua espiritualidade e valorizando nossa ecologia.

Tudo isso você encontra aqui, ao percorrer o traçado empreendido pelos padres jesuítas Roque Gonzales, João de Castilhos e Afonso Rodrigues em 1626, início do Primeiro Ciclo das Missões.

Foram eles que iniciaram a evangelização cristã nas Missões e no Rio Grande do Sul.

Na trilha dos Santos Mártires são percorridos 170 km, iniciando-se no Passo do Padre (Barranca do Rio Uruguai) e concluindo no Santuário do Caaró.

No percurso é visitado o Sítio Arqueológico na redução de São Nicolau. Visita-se também a Cruz no local do martírio do Padre João de Castilhos, o Santuário de assunção do Ijuí, o Cerrto do Inhacurutum (ponto mais alto da região das Missões) onde morava o terrível cacique Nheçu.

Em seguida visita-se São Pedro do Butiá e o Centro Germânico Missioneiro, com sua estátua de São Pedro de 30 metros de altura. Ao atravessar o Rio Ijuí chegamos no município do Rolador, onde existiu a importante Redução Jesuítica de Nossa Senhora da Candeláris do Caaçampamini.

Da Redução de Candelária continua a Trilha até o Santuário do Caaró, local onde foi o martírio do Pe. Roque Gonzales.

Profº Sérgio Venturini
Idealizador